Bitcoin Atom

O próximo fork está chegando, conheça o “Bitcoin Atom”

Bitcoin está configurado para sofrer outro Hardfork, a fim de criar o ‘Bitcoin Atom’ Desde a sua criação por Satoshi Nakamoto, houve várias modificações do protocolo e  projetos totalmente novos foram retirados deste protocolo original. Litecoin, Dash, Bitcoin Cash, Bitcoin Gold, entre outros, foram criados para melhorias peculiares das falhas do Bitcoin.

Atualmente a cadeia de blocos do Bitcoin enfrenta uma série de fraquezas que atraíram críticas imensas. Isso não é uma surpresa, já que mesmo o próprio Satoshi desde o início deixou claro que ele estava aberto a discussões sobre as fraquezas inerentes, que foram identificadas e levaram a várias previsões por sobre uma possível perda de posto da moeda número 1.

loading...

Bitcoin vem perdendo em rapidez

A velocidade com que as transações são confirmadas hoje em dia na blockchain está muito longe do que costumava ser, mesmo dois anos atrás. As transações atrasadas tornaram-se um cenário comum na que deixa os usuários frustrados na maioria das vezes. Esta deficiência é considerada como a principal razão pela qual a criptomoeda não é adequada para fins de transação, juntamente com sua alta taxa de volatilidade.

Aparentemente, para encorajar a adoção do mainstream, o valor no momento da execução de uma transação não deve variar desde o momento do recebimento. Este não é o caso hoje em dia, já que as transações da Bitcoin demoram horas, e às vezes dias para serem confirmadas. Vários argumentos surgiram como resultado dessa fraqueza e inovações como o SegWit e até mesmo o eventual hardfork que deu origem ao Bitcoin Cash foram todos baseados na eficiência da rede.

Custo das transações ainda estão altos

As taxas de transação tornaram-se um susto no ecossistema Bitcoin. As taxas são muitas vezes tão altas às vezes que podem ser chamadas de ridículas. Tecnicamente, as taxas de transação Bitcoin são determinadas com base no número de transações e no tamanho em kilobytes de cada transação. Contudo, estas taxas não vão a nenhuma autoridade central, mas sim aos mineradores como recompensas pela confirmação da transação. Portanto, as transações com insumos mais altos exigirão mais trabalho, portanto, em tempos de maior volatilidade do mercado, como é o caso hoje em dia, os mineradores ficam atraídos por transações com menos entradas. Isso implica menos trabalho para eles, portanto, as transações com maior número de insumos (que geralmente são mais populares) precisarão pagar taxas mais elevadas para parecer atraentes para os mineradores.

Descentralização “só no papel”

A Blockchain é uma plataforma descentralizada, pelo menos por design. No entanto, a configuração recente do ecossistema vê a maioria dos poderes de mineração descansando na mão de alguns indivíduos. Como uma comunidade que é governada por consenso, isso implica que esses mineradores que controlam a maior parte do poder de hash sempre guiarão a rota. Muitos argumentam que isso dá à comunidade uma visão de um sistema centralizado e, como tal, funciona desse jeito.

Bitcoin Atom pode ser mais uma alternativa de melhor eficiência

O bloco de Bitcoin está prestes a passar por outro hardfork por uma equipe anônima que afirma defender os princípios originais de Satoshi Nakamoto à medida que eles criam o Bitcoin Atom (BCA).

Futuro da moeda já está sendo especulada no coinmarketcap.com

De acordo com o líder da equipe que escolhe permanecer anônimo, ao trazer uma solução para o duplo problema de velocidade e custo, o protocolo funcionará tanto na cadeia quanto fora da cadeia, (ou seja, iluminação e trocas atômicas). Ele observa que, embora a centralização seja uma fraqueza menos óbvia para o Bitcoin, os riscos colocados pelas trocas em que a criptografia é geralmente transacionada são bastante preocupantes para a indústria.

“A centralização é menos óbvia, mas o problema com a principal transferência de valor no mundo do cripto é o intercâmbio. Os intercâmbios centralizados podem ser pirateados e desaparecer ou desligar pelos reguladores, e os intercâmbios descentralizados, como a Etherdelta, não trocam bitcoin e só trocam os tokens ERC-20. Mesmo assim, eles podem ser pirateados “, diz ele.

A equipe do Bitcoin Atom pretende incluir funcionalidades de intercâmbio também no nível do protocolo, nos nós do próprio Bitcoin, portanto, ninguém pode controlar a troca, mas sim o próprio sistema.

Este protocolo, no entanto, irá combinar prova de trabalho e prova de participação que será baseada na antiga base do código do Bitcoin, ao contrário das implementações similares antes.

Exchanges que já anunciaram listar o Bitcoin Atom

Os locais que negociarão e anunciaram a listagem do Bitcoin Atom no sistema será a Yobit, OKEX, EXTRATES, Coinomi e o próprio bitcoinatom.io, e espera-se que o fork aconteça entre 24 e 25 de janeiro de 2018 no bloco 505 888.

Fonte: CCN.com
Comentários do Facebook
O próximo fork está chegando, conheça o “Bitcoin Atom”
5 (100%) 1 vote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge